Qual a iluminação auto permitida em Portugal?

iluminação auto

A iluminação auto é extremamente importante para a segurança rodoviária, pois permite ver e ser visto e evitar acidentes, quer com veículos automóveis, quer com peões. Para isso, há algumas regras no Código da Estrada que importa cumprir.

Entre os artigos mais importantes para a iluminação auto, encontram-se os faróis do automóvel, essenciais para a condução. Os faróis podem ter cores diferentes, mais azuis ou mais amarelos, mas há algumas regras a ter em conta.

 

Qual o tipo de iluminação auto existente?

Existem faróis de halogéneo, xénon e LED. As diferentes cores estão relacionadas com o tipo de material e a tecnologia utilizada em cada automóvel. Em Portugal, é permitida iluminação auto branca e amarela. As luzes vermelhas só podem ser colocadas na retaguarda das viaturas, à exceção dos sinais de mudança de direção.

Se usar iluminação auto que não estiver prevista na lei ou as cores – vermelha para a retaguarda e branca ou amarela para a frente – forem utilizadas de forma errada, pode incorrer em contraordenações graves.

 

Cuidados a ter com a iluminação auto?

As lâmpadas de faróis de xénon são mais antigas, sendo que funcionam através de descargas de gás. As mais modernas são as de halogéneo e as LED, embora estas últimas estejam ainda muito confinadas aos carros mais dispendiosos.

É muito importante ter atenção ao estado da sua iluminação. Deve sempre substituir as lâmpadas dos faróis, sobretudo quando estiverem fundidas ou iluminarem de forma irregular. Existem lâmpadas que iluminam um pouco mais do que o normal à venda em lojas de peças auto, se preferir ver melhor de noite.

Não se engane nas lâmpadas para o seu automóvel, uma vez que cada modelo tem o seu tipo de iluminação específico, com o seu casquilho próprio. Em caso de dúvida, consulte uma lojas de peças auto.

 

Para saber mais ou comprar iluminação auto, visite-nos

%d bloggers like this: