Qual a importância do filtro de ar?

importância-do-filtro-de-ar

No que diz respeito à condução e à manutenção do seu veículo, todo o cuidado é pouco! Como forma de optimizar o seu carro e de minimizar futuros gastos, deve sempre optar por uma postura preventiva. Neste sentido, deve analisar e avaliar o comportamento do seu veículo, de forma a promover o seu correto funcionamento e de todos os seus componentes.

Conhecer o seu próprio veículo, as peças e a sua durabilidade é algo importante no que diz respeito ao bom funcionamento do mesmo. Além da funcionalidade do próprio carro, desta forma poderá evitar acidentes e ainda poupar dinheiro em futuros arranjos dispendiosos.

O que é o filtro de ar?

O filtro de ar é uma das peças do automóvel com uma função determinante para o bom funcionamento do mesmo. Tendo em conta que retém todas as impurezas do ar que entram no motor, esta peça permite controlar o lixo que se vai acumulando, impedindo desta forma que as impurezas cheguem à câmara de combustão. Desta forma, impede danos graves ao nível do motor do carro.

A principal função do filtro está diretamente ligada com o próprio funcionamento do motor do carro. Assim, este permite verificar o real rendimento do motor e analisar se este é de acordo com o que seria de esperar. Por sua vez, um baixo rendimento ao nível do motor está diretamente ligado ao desempenho do automóvel, havendo uma sobrecarga e aumento considerável no consumo de combustível.

Composição do filtro de ar:

Este equipamento é composto essencialmente por duas partes.

  • Estrutura externa – esta é uma estrutura constituída por um corpo metálico ou de plástico, que permite garantir a forma, assim como o perfeito contacto entre a estrutura externa que delimita o tubo de acesso, até à admissão do motor.
  • Parte central ou elemento filtrante – a sua função, tal como o nome indica, é a de filtrar o ar, antes deste ser utilizado na mistura da combustão. Desta forma é possível garantir que está limpo e dentro dos parâmetros indicados. Esta estrutura é, geralmente, constituída por materiais sintéticos e naturais como é o caso do papel microporoso, esponja, têxtil ou algodão. Este material é envolvido em borracha para fazer uma boa vedação.

 

Consequências de um mau filtro de ar

Uma má filtragem do ar traz consequências para o carro e custos de reparação elevados.

  • Explosões pouco consistentes, resultam num rendimento inconstante, provocando uma variação do rendimento do motor. Esta alteração pode provocar acidentes.  
  • Aumento do consumo de combustível, refletindo-se nos consumos de combustível, com a agravante económica associada.
  • Danos no motor e noutras peças de desgaste do veículo.

Neste sentido, o filtro de ar influencia diretamente todo o desempenho do motor e a sua própria potência. Como tal, é importante estar atento aos primeiros sinais apresentados pelo carro e agir de forma preventiva, de forma a não ter mais custos associados a todo este processo.

%d bloggers like this: